OBuxixo - Fofocas, bombas, famosos, audiência, buchichos, flagras, novelas e TV

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Xuxa perde para Ratinho e Patricia Abravanel



Mais uma vez, a audiência não foi favorável para "Xuxa Meneghel" na Rede Record. Na última segunda-feira (22), a atração comandada por Xuxa marcou menos de 5 pontos no Ibope. Segundo dados do instituto, a atração da Record marcou 4.7 pontos de média. O "Máquina da Fama" de Patricia Abravanel conquistou a vice-liderança com 6.1 pontos. Mais cedo, o "Programa do Ratinho" também deixou a Record em terceiro no Ibope. A atração de Carlos Massa cravou 10 pontos de média.

Contratado tem ataque de estrelismo na TV


Um produtor, contratado com ares de estrela por um canal de TV, está dando trabalho para a equipe de um programa de entretenimento. Todos na equipe são unânimes em afirmar que o rapaz está se sentindo. Ao assinar o contrato, o radialista teria ouvido que estaria no vídeo. Como a escalação não surtiu resultado, ele voltou para os bastidores. No entanto, ele não descansa e sonha com a fama. "Ele está se achando a última bolacha do pacote e quer porque quer aparecer na televisão, só que falta talento e experiência para o mocinho", disparou uma pessoa da equipe que pede para não ser identificada.

"Ele é muito mole, faltou atitude", dispara Geisy Arruda sobre apresentador de TV



Geisy Arruda foi convidada para participar do programa "Fofocando" do SBT. A modelo que foi hostilizada há sete anos em uma universidade do ABC, no estado de São Paulo, participou do quadro "vai ou não vai para o saco". A ideia é falar sobre afetos e desafetos. Questionada por Leão Lobo, Mamma Bruschetta e o Homem do Saco, Arruda falou sobre Geraldo Luis. "Ele é muito mole, faltou atitude, mas quero o saco dele aqui na minha perna", disparou Geisy sobre o affair que rolou no passado com o apresentador do "Domingo Show" na Rede Record.

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Luto! Morre jornalista da Globo

"Ser repórter é a única função realmente importante no jornalismo.”


Ser repórter foi a razão de ser do jornalista Geneton Moraes Neto. Ele morreu no fim da tarde desta segunda-feira, dia 22 de agosto, no Rio de Janeiro. Tinha 60 anos e por mais de quatro décadas foi um servidor incondicional da notícia. Começou aos 13 anos, amador, mas inspirado no estilo bombástico de David Nasser. Estilo que o acompanhou a vida inteira, nas centenas de entrevistas que fez. Geneton dizia que pertencia ao PPB: Partido dos Perguntadores do Brasil. E perguntava, sempre preciso, sempre contundente.

Entre os entrevistados que enfrentaram a “metralhadora jornalística” de Geneton estão os generais Newton Cruz e Leônidas Pires Gonçalves, que ocuparam importantes postos de comando durante o regime militar,  (Entrevistas que renderam a Geneton o Prêmio Embratel de Telejornalismo de 2010);  o repórter Carl Bernstein, autor da série de reportagens sobre o escândalo Watergate que culminou com a renúncia do presidente Nixon;  Eva Schloss, ex-prisioneira de um campo de concentração nazista;  dois astronautas que pisaram na Lua, agentes do serviço secreto americano, na série especial sobre os 10 anos dos atentados de 11 de setembro de 2001 nos Estados Unidos. Mais recentemente, ouviu o ex-governador Paulo Maluf, ex-senador Saturnino Braga; o ex-ministro Célio Borja e o ator Guilherme Fontes, na época do lançamento do filme 'Chatô, O Rei do Brasil'.

Geneton nasceu numa sexta-feira 13. Costumava brincar com isso: "Nasci numa sexta-feira 13, num beco sem saída, numa cidade pobre da América do Sul: Recife. Se fosse supersticioso – ou pelo menos previdente -, teria me recusado terminantemente a sair da maternidade, por ter nascido numa sexta-feira 13 do ano de 1956, num beco sem saída. Mas saí.”  Saiu e veio ao mundo fazer história no jornalismo brasileiro.

Na Globo desde o início dos anos 1980, o pernambucano trabalhou na Globo Nordeste como editor e repórter e na emissora no Rio de Janeiro. Entre idas e vindas, desde 1985, Geneton foi editor-executivo do ‘Jornal da Globo’ e do ‘Jornal Nacional’; correspondente da GloboNews em Londres; repórter e editor-chefe do ‘Fantástico’ duas vezes. Coordenou a criação do programa ‘Pequenas Empresas, Grandes Negócios’ e trabalhou ainda nos programas de variedades ‘Dóris para Maiores’ e ‘Muvuca’, este de Regina Casé. Desde 2006, produzia reportagens especiais para a GloboNews, especialmente para o programa ‘Dossiê GloboNews’ e desde 2012 também se dedicava a documentários, sempre exibidos pelo canal de notícias.

Em ‘Boa Noite, Solidão’, o quinto de sua carreira e o último exibido pela GloboNews, Geneton fez uma reflexão para entender o que pensam as pessoas que fazem uma opção contrária à dele: a de não sair da periferia rumo aos grandes centros. Trinta anos depois de sair de Pernambuco em busca de melhores oportunidades de emprego no “Sul maravilha”, Geneton foi à pequena cidade de Solidão, no sertão pernambucano, para saber o que pensam sobre os grandes centros urbanos pessoas que nunca saíram de Solidão. 
Em 2012, Geneton dirigiu seu primeiro documentário de longa metragem produzido pela GloboNews. Com uma hora e vinte de duração, ‘Garrafas ao Mar: a Víbora Manda Lembranças’ reúne entrevistas que ele gravou nos 20 anos de convivência com o jornalista Joel Silveira, um dos maiores repórteres brasileiros. Foi exibido na GloboNews e eleito pelo jornal O Globo um dos melhores programas exibidos na TV brasileira em 2013. No mesmo ano, ele dirigiu o documentário ‘Dossiê 50: Comício a favor dos Náufragos’, também exibido pela GloboNews, com depoimentos dos onze jogadores brasileiros que enfrentaram a seleção do Uruguai na final da Copa de 1950, no Maracanã.

Geneton Moraes Neto foi vítima de um aneurisma dissecante na aorta, que sofreu no dia 5 de maio. Deixa esposa, três filhos e quatro netos.

"Isso que dá me vestir várias vezes de mulher", entrega apresentador

Zé Américo faz piada com tudo. O apresentador e humorista está com uma infecção no olho. "Já melhorei, mas a infecção voltou", revelou com exclusividade a OBuxixo. Américo desconfia que desenvolveu a infecção pelo uso constante de maquiagem. "Isso que dá ficar se vestindo de mulher", entregou o ator que participa caracterizado do humorístico "A Praça é Nossa". Zé Américo também comanda um talk show na CNT.

sábado, 20 de agosto de 2016

Após César Filho e Fábio Porchat, Marabraz escolhe novo garoto-propaganda. Saiba quem é!


Rhoque Malízia colhe os frutos de seu trabalho no comando do "Turismo e Aventura", programa vice-líder de audiência nas manhãs de domingo, no SBT. O apresentador é o novo garoto-propaganda das lojas Marabraz, posto que antes ocupado por Cesar Filho e Fábio Porchat e atualmente pela dupla Zezé di Camargo e Luciano.

O trabalho de Rhoque, que através de seu programa mostra a cultura e o lazer de diferentes cidades do Brasil, chamou a atenção de um dos donos da empresa, que detém uma grande cadeia de lojas espalhadas por São Paulo (Capital), Baixada Santista, Vale do Paraíba e municípios da Grande São Paulo. A partir desta semana os canais de TV começam a veicular a primeira ação de Rhoque para a Marabraz.

"Fiquei muito feliz com o convite do Nasser (Nasser Fares, sócio proprietário da Marabraz) para ser garoto-propaganda da loja e vou me empenhar para corresponder às expectativas da empresa e agregar tudo que eu puder à marca”, conta o apresentador, que gravou na última terça-feira (16) a sua primeira ação publicitária: “Estou muito empolgado em fazer as próximas. Tenho muitas ideias e eles também... Aos poucos vamos colocando-as em prática", avalia.

Animado por emprestar sua imagem a uma conceituada rede de varejo, Rhoque fez questão de conhecer sua estrutura. Ele ficou encantado com a gigantesca estrutura do centro de distribuição da Marabraz que visitou, em São Paulo: "O Beto (Beto Coimbra, Gerente de Marketing) me levou para conhecer o centro de distribuição da empresa e me surpreendi com o tamanho do lugar, que é imenso e tudo muito bem organizado. Uma das minhas primeiras perguntas foi sobre o slogan da loja e ele mostrou a preocupação da empresa em realmente manter o preço abaixo da concorrência, e que eu poderia dizer com convicção ´preço menor ninguém faz´.  Isso me deu mais segurança ainda para fechar essa parceria e, a partir de agora, faço parte da família Marabraz", conclui.

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

"Foi corneada? Dá um corno bem tomado e pronto", dispara famosa

Adriane Galisteu não tem papas na língua. A apresentadora foi entrevistada por Rafael Cortez e abriu o jogo. Questionada no programa "Love Treta", a loira falou sobre traição. "Tem um fulano que encheu minha cabeça de galho. Não vou dar nomes. Mas digo, quando você não esquece jamais. Mais aí o que você faz? Você também dá um corno bem tomado, e pronto. Na lista de ex de Galisteu, estão Ayrton Senna, Dado Dolabella, Roger e Roberto Justus.